/* */ Cor Sem Fim: Mas afinal... porque tenho um blog público?

7.9.16

Mas afinal... porque tenho um blog público?

Uma e meia da manhã e eu dou por mim a cair numa espiral de tristeza e a pensar: porque é que tenho um blog público? Porque é que eu decidi publicar fotos minhas e tiradas por mim, textos que me saem da alma, conhecer mais pessoas, dar voz à minha voz? Eu gosto de ler e de escrever, isso é certo. Mas porquê um blog... público?

As publicações já não são o que eram. Não sou regular, mas também acho que nunca o fui. Já tentei publicar todos os dias, dia sim dia não, vários dias por mês, manter a página de Facebook actualizada, agendar publicações. Mas porquê? Porquê este trabalho todo? Porque não o guardo só para mim? 

Não faço publicações espontâneas (à excepção desta) e é tudo programado. Tudo muito cuidado. Porque é que não chego aqui, falo e pronto? Horas a editar fotografias, a escolher um layout mais porreiro, a escolher cores, tipos de letras, tudo. Mas para quê? Porquê? Não me dá um rendimento,... mas dá-me gozo. Faz-me feliz, mas não tanto como fazia. Já não escrevo como escrevia. Já não fotografo como fotografava. Mudei. Cresci. E este espaço acompanhou-me já lá vão dois anos. Devo continuar? Devo parar por aqui? 

Não, não vou ser regular. Provavelmente nem vou ser mais espontânea. Mas vou ver se torno isto mais pessoal. Se quiser que saiam duas publicações num dia? Sairão. Três, se for preciso. E a seguir passo duas semanas sem publicar. Não quero saber. Isto é meu. EU é que sei. EU é que mando. EU é que decido. E nada disto me deve pressionar.

Gostava de voltar a ser anónima.

6 comentários:

  1. nunca me ocorreu este pensamento mas a verdade é que as vezes me pergunto "este post está a dar demasiado trabalho, será que vale a pena?". Mas a resposta é sempre sim porque adoro ver o resultado final e adoro ainda mais ver o fedback dos meus leitores
    por isso o meu conselho é: continua com o blog se te der mesmo gozo e alegria, não por uma obrigação
    beijinhos

    http://umacolherdearroz.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Ivânia. Era mesmo disto que estava a precisar :) Um beijinho

      Eliminar
  2. Sê tu anónima. Sê tu espontânea. Sê tu não espontânea. Vou-te ler sempre onde quer que estejas! E sabes porquê?! Porque tens essência! *

    Beijocas,
    ANDA DAÍ!

    ResponderEliminar
  3. Esse último parágrafo diz tudo! :)

    ResponderEliminar