/* */ Cor Sem Fim: BARCELONA || Montserrat (1)

11.8.16

BARCELONA || Montserrat (1)

Apesar do primeiro dia da viagem a Barcelona ter sido passado em Valência, não é por aí que quero começar esta nova saga, mas sim pelo segundo dia: Montserrat.
Montserrat fica a cerca de 60km de Barcelona. E estava na lista de sítios a visitar. MAS nós tínhamos decidido que o carro ficaria paradinho e estacionado em sítio seguro durante TODA a nossa visita a Barcelona, o que nos leva a:


COMO CHEGAR A MONTSERRAT A PARTIR DE BARCELONA USANDO TRANSPORTES PÚBLICOS

Fazer a viagem de Barcelona a Montserrat através de transportes públicos é extremamente fácil (e, talvez, até melhor que usando viatura própria). Comprámos um bilhete de metro para cada um (2,15€) e apanhámos o metro de onde estávamos (Sant Pau Dos de Maig - linha azul) até a Sants Estación, onde mudámos para a linha verde (com o mesmo bilhete, claro) e saímos em Espanya. 



Lá  dirigimo-nos para o posto de informações sobre as viagens para Montserrat. Havia duas opções: apanharmos o comboio, o "cremallera" e as funiculares OU apanharmos o comboio e o teleférico. Estávamos entusiasmadíssimos por irmos andar de funicular MAS estavam em greve. Então tivemos que ir de teleférico. Acabou, até, por ser mais barato (que o cremallera + funiculares): a partir dos 14 anos paga-se 20,20€. Dos 4 ao 14 paga-se 15,65€. 


Apanhámos o comboio R5 que vai da Plaça de Espanya (onde estávamos) até Montserrat AERI (onde tínhamos que sair para apanhar o teleférico). A viagem durou cerca de uma hora e tem uma vista agradável (e sítios para carregar os aparelhos electrónicos, eheh). Chegámos mesmo pertinho da hora de almoço, apanhámos o teleférico e almoçámos lá em cima.




Para este post não se tornar muito mais longo, decidi dividir esta aventura-dentro-de-uma aventura e na próxima parte terão fotografias da vista do teleférico para ficarem maravilhados. Sim, eu sei, pode ser complicado para quem tem tonturas e assim. Mas não é tão mau quanto parece e faz-se num instantinho!

Sem comentários:

Enviar um comentário