/* */ Cor Sem Fim: Guest | Dicas Para Fotografar à Noite (1)

28.12.15

Guest | Dicas Para Fotografar à Noite (1)

Com a passagem de ano a chegar, este é o tema ideal!

Fui contactada pela Zaask, uma plataforma que vos permite encontrar profissionais em várias áreas. Foram muito simpáticos e perguntaram-me se poderiam escrever sobre fotografia para mim. Claro que disse sim! E aqui está a primeira de três partes daquilo que escreveram.

Espero que gostem!

Dicas para fotografar à noite

As fotografias nocturnas não são nada fáceis de realizar. É difícil focar, é difícil medir a luz e por isso muitas das fotografias saem escuras, tremidas ou granuladas. Assim, sem querer estar a partilhar conhecimentos demasiado técnicos - isso fica para os fotógrafos profissionais - decidi deixar aqui 5 dicas importantes que podem ajudar a tirar melhores fotografias para quem gosta desta arte.


1. Estabilizar a câmara

Foto livre de direitos (pixbay)

As fotografias tiradas à noite tendem a ficar tremidas. Porquê? A explicação é um pouco mais complexa, mas basicamente isto acontece porque quanto mais escuro é o ambiente mais tempo a câmara demora a registar a foto. Desta forma, a noite exige tempos longos de exposição e vamos ter de segurar a câmara por mais tempo com as mãos, pelo que a imagem tende a ficar mais tremida. Por isso, é importante estabilizar a câmara.

O ideal é utilizar um tripé, mesmo que seja um tripé pequeno de pernas flexíveis, pois os outros maiores e mais pesados são mais difíceis de transportar, embora sejam mais estáveis.
Em alturas que queremos tirar fotografias espontaneamente, temos de usar o que estiver à mão para a estabilizar: malas, pedras, muros e até o chão, entre outros. O importante é que seja uma superfície plana.

Caso não seja possível pousar a câmara, uma forma de evitar as fotografias tremidas quando tiradas à mão é fazer com que câmara absorva mais luz ambiente, diminuindo a velocidade do obturador, um mecanismo localizado dentro da câmara, atrás da lente, que abre e fecha e que controla o tempo de exposição da câmera à luz e, consequentemente, a quantidade de luz na própria fotografia.

Sem comentários:

Enviar um comentário