/* */ Cor Sem Fim: LGTTU! - Design e Comunicação Visual

3.9.15

LGTTU! - Design e Comunicação Visual

Um trabalho que tivemos que fazer sobre personalidade


Disciplina: Design e Comunicação Visual
Professores: D
Semestre: Primeiro

Sim, o meu curso é Design e Animação Multimédia. E sim, tive uma cadeira relacionada com Design de Comunicação que me fez abrir os olhos para certos pormenores.


Se gostei? Sim. Tive uma professora super divertida que me deu uma outra disciplina (da qual falarei num próximo post).
"E no que consistiu esta disciplina?" - perguntam vocês. Ora, nesta disciplina falámos de várias coisas e fizemos alguns "jogos" e apresentações orais para assimilar melhor a matéria (que acho que nem se dá por ela está a ser dada). Logo na primeira aula, a professora pediu para nos apresentarmos (sim, aqui os professores querem saber o vosso nome!) e pediu para que escolhêssemos as nossas referências visuais.

"O que quer dizer com isso professora?"

"Algo que vos tenha influenciado."

Pouco consciente do que aquele termo quereria dizer, aqui a Ju escolheu algo que andava na cabeça dela naquela altura: a série Switched At Birth e o blog Raising Up Rubies (porque, sendo sincera, este blog tem um design super amoroso). Claro que expliquei tudo direitinho porque é que achava que aquilo me influenciava e porque é que achava que aquilo era importante. Falei do caso da surdez (apesar de eu não o ser, apaixonei-me por língua gestual com aquela série), de não conhecer nenhum desenho animado que se fale em língua gestual, essas coisas todinhas. Mas o melhor ainda estava para vir.

A professora, depois de todas as nossas apresentações e de algumas aulas suuuuuuuuper interessantes sobre tipos de letra e cor e assim, disse que teríamos que fazer um desdobrável com base na nossa influência visual.

Ops. Big ops.

"Que vou fazer daqui?"- pensei eu - "Eu até ando meio desactualizada da série. Ai Jesus!"

Acabou por tudo correr bem (com um erro na impressão que acabou por dar uma boa justificação). Aprendi que devemos defender o nosso trabalho até ao fim, nem que seja dar razão a uma impressão que não saiu como desejada!

Depois disto nem me lembro bem de que trabalhos aconteceram pelo meio (ai esta memória!), mas lembro-me dum último trabalho que tivemos que fazer. Foi-nos pedido para ilustrarmos a nossa personalidade ou aquilo que achamos de nós através de formas geométricas e linhas. Só isso. Parece fácil? Mais ou menos. Eu fiz aquela imagem que ali está em cima. Parece fácil de explicar? Nem por isso. Fui ver todos os significados e mais alguns sobre tudo. Desde numerologia, aos significados da forma, à disposição, às cores, tudo o que ali está tem uma razão e um propósito muito específico. Posso explicar isso noutro post, se quiserem (ou mesmo que não queiram, talvez o faça na mesma). Digam aí nos comentários se querem ouvir a explicação de algo que parece tão simples, mas que na realidade tem muito significado.

Bem, este post já está mais que gigante, mas é para verem que gostei mesmo!


Resumo de exercícios feitos:
  • Apresentação de influências visuais
  • Realização de um desdobrável com base nas nossas influências visuais
  • Análise de parte da obra de Martine Joly
  • Composição visual sobre a nossa personalidade
Palestras da ICONIC que possam ser úteis: 

(em actualização)

Sem comentários:

Enviar um comentário