/* */ Cor Sem Fim: Agosto 2014

31.8.14

BLOG DAY!

Bem, li que hoje é o chamado “Blog Day”! Sabem porquê? Porque 31/08 é parecido a blog! Digam lá que não é… 3=b 1=l 0=o e 8=g. Não sabia disto e, apesar de integrar a categoria de “blogger” há pouco tempo, achei que também devia dizer qualquer coisa sobre isto! Tenho a dizer que há notícias novinhas a chegar aqui ao blog em Setembro, estou somente a arranjar as coisas para depois vos deixar a par de tudo isto. Há também posts que já andam pensados, mas ainda não estão bem arranjadinhos. No “Blog Day” é suposto sugerirmos blogs para os nossos leitores lerem mas, infelizmente, não vou poder fazê-lo hoje. Quem sabe se mais tarde não o farei!!

28.8.14

How I Met Your Mother (REVIEW)

Há cerca de 2 ou 3 anos, comecei a ver a tão famosa série “How I Met Your Mother”. Devo dizer que a me manteve cativada pelo facto de toda a série ter uma finalidade: descobrir quem é a mãe e porque é que esta história está a ser contada (devo dizer a quem ainda não viu o último episódio que esta é, sim, também uma questão a responder!). Gosto imenso das personagens, dos cenários, das situações, de TUDO! Confesso que houve episódios que vi mais que duas vezes (e talvez ainda volte a repetir algumas ou todas as temporadas, mas antes tenho outras séries que entretanto me cativaram e que também merecem a minha atenção). O último post que eu aqui fiz foi algo precisamente relacionado com esta série (e quem é fã percebe que são símbolos icónicos e representativos desta série) e foi por volta dessa altura que vi o tão aguardado e “temido” último episódio. Admito que chorei. Aliás, devo ter chorado chorei muito na última temporada e, pessoalmente, acho que a última temporada é a temporada mais emotiva (sem deixar de nos dar motivo para soltar umas gargalhadas). Quem neste mundo poderá não gostar do amor vivido pela Lily e pelo Marshall? Quem neste mundo poderá não gostar de todas as peripécias, ideias e invenções criadas pelo Barney para convencer raparigas a dormirem com ele? Quem neste mundo é que não gosta do Ted, do seu amor, da sua ternura, do seu sorriso, da sua ideia de amor perfeito? Quem é que pode não gostar da Robin, a rapariga por quem Ted se apaixonou logo no início e que é o membro mais recente do gang e que é “gozada” pelo facto de ser Canadiana? E quem é que poderá não gostar do romance e de todo o secretismo que esconde a famosa mãe ao longo de 9 temporada e mais de 200 episódios? Se nunca viram a série, aventurem-se a ver, nem que seja um episódio! Prometo que valerá a pena!